Bulldog Inglês – Informações Gerais

Buldogue ou Bulldog?
Todas as formas estão corretas. A palavra Bulldog é a maneira de escrever na língua inglesa (“English Bulldog”, “French Bulldog”) à medida que a palavra Buldogue é a forma de escrever em português (“Buldogue Inglês”, “Buldogue Francês”).
Ele ama repousar, muitas vezes nem escutando ao chamado do seu dono. E também ronca alto.
Só late quando há precisão. É um cão autossuficiente, apesar de ser bastante afetivo e terno com o proprietário.
O primeiro grupo dedicado a espécie Bulldog, no Brasil, foi formado no início do século XXI, esse denominado de “Bulldog Club”.

O Lindo Cachorro Bulldog Inglês na História

A origem da espécie vem do bruto esporte bull-baiting (luta com touros) que surgiu nas terras inglesas do século XIII. O intuito do cachorro era atacar e enfurecer o touro agarrando o animal, geralmente pelo nariz. Esse touro, após as lutas, era abatido, através disto diversas pessoas pensavam que, depois que o cachorro fosse capaz de irritá-lo, a carne do touro se tornaria mais macia e apetitosa para o consumo.
Sem contar, ainda, que o Bulldog também enfrentava alguns ursos, nas chamadas “Bearbaitings”. O tanto que os cachorros conseguiam resistir e, mais ainda, seu temperamento selvagem eram levados em conta por seus donos. Lamentavelmente, certos relatos sobre a criação desses cães não são nada amáveis. Diz-se que os Bulldogs eram atados aos touros, com o intuito de perceber o quanto esses cães conseguem resistir, isso mesmo com os touros já bastante machucados.
Isso começou a mudar no momento em que as lutas com touros foram tidas como ilegais, a partir do ano de 1835. Dessa maneira, a popularidade dessa raça caiu muito e, por pouco, não se tornou raríssima. Entretanto, determinados admiradores da raça resolveram tentar outro forma de abordagem para esses cachorros, deixando-os menos aterrorizadores e aperfeiçoando seu padrão físico. Com este novo método de criação, foi possível ver muitas mudanças no temperamento e também na estrutura física, se comparados com a espécie original.

Aspectos Físicos do Cachorro Bulldog Inglês

bulldog-ingles O cachorro possui uma aparência muito singular, possui pelos sedosos e estatura atarracada e baixa. É largo e compacto. Em contrapartida, nenhuma parte de seu corpo é desigual às demais, a ponto de prejudicar sua simetria ou fazer com que o Bulldog pareça um cachorro deformado.
A cara é curta, o focinho largo, grosso e inclinado para cima. Os cães que costumam mostrar dificuldades respiratórias são indesejados pelos proprietários. Sua estrutura física é muito bem ajustada. Tem membros fortes, sólidos e firmes com boa condição física. Porém, as cadelas se diferenciam bastante com relação ao corpo físico. Quanto à pelagem, podemos notar um pelo de consistência fina, curto, fechado e macio.
A pigmentação dominante no Bulldog é o branco, com algumas marcas avermelhadas, amarelas leonadas, tigradas ou a coloração fulvo. Todavia, caso o seu Bulldog apresente uma cor alva bastante intensa, não deve ser confundido com as colorações piebald ou pied. O Bulldog branco sólido forçosamente tem que apresentar o focinho totalmente pigmentado de negro e os olhos de tonalidade bem escurecida.

Psicológico do Bulldog Inglês

O Bulldog é um cachorro sagaz e muito doce com a sua família. Adora companhia, é amoroso e divertido. Possui muita energia, determinação e não gosta de ficar ocioso. É considerado um cachorro alerta, confiável, valente, intrépido, de aparência feroz, mas dotado de índole carinhosa.
O Bulldog não é um cão violento, a menos que seja castigado. Forte e firme, o Bulldog é um grande companheiro, calmo e de fácil trato. Ele adora crianças e seu temperamento é bem diferente do que acostumamos assistir nos desenhos infantis. No geral, ele não gosta de gatos e costuma lutar com outros cachorros, especialmente se forem machos. Ao alimentá-lo, veja se não existem outros bichos perto.
Mesmo que são capazes de ficar sozinhos inúmeras vezes, esse cachorro gosta de estar próximo de seu dono o máximo que conseguir. Por adorar atenção, ele é capaz de ficar triste com uma certa frequência, ainda assim, tem uma personalidade tão intensa que é um formidável cachorro de guarda.

Privilégios de Ter um Cão Bulldog Inglês

bulldog-ingles O Bulldog Inglês é um cão aventureiro, muito combativo e que esporadicamente se escuta choramingar. Estes cães só irão chamar a sua atenção quando se encontrarem com fome, com vontade de beber água ou quando não estão muito bem, do contrário eles são extremamente serenos.
É tido como um cachorro de simples convívio e que não tem carência de muitos cuidados. Por sua independência, estes cães são convenientes, também, para donos que não podem ficar em casa por um tempo longo, sem falar que o Bulldog não deixa cair muito pelo ao longo da casa.
É um exemplar excessivamente valorizado no mercado de pets. Inclusive há filas de espera por esses animais em várias localidades do mundo. Aqui no Brasil há criadores há mais de trinta anos.

Enfermidades comuns do Bulldog Inglês

O Bulldog Inglês tem uma grande propensão para a obesidade e, por causa disso, é aconselhado que se tenha um controle do total de ração consumida por ele para que não venha a desenvolver possíveis problemas nas articulações dos joelhos e no quadril. Devido a isso é aconselhado que ele sempre faça exercícios, prevenindo o sobrepeso.
O Bulldog Inglês é um bicho bastante sensível toda vez que o assunto é a saúde. Sua média de idade é 8 anos. Eles se aquecem com bastante naturalidade, devido a isso não precisam de ser expostos a um calor abusivo. Pode parecer que o seu cão está febril, mas fique sossegado: o Bulldog tem uma temperatura mais alta, seguramente.
O seu Bulldog está propício a desenvolver uma série de enfermidades congênitas e hereditárias, por isso o acompanhamento com o médico-veterinário tem que ser habitual, para que se evite problemas de saúde, como: dermatites, estreitamentos das cavidades nasais, claudicação nas patas, etc.

Como tomar conta de um Bulldog Inglês

bulldog-ingles O Bulldog Inglês ama vida ao ar livre, entretanto não suporta tempo úmido. Esse não é um cachorro que vai correr ou andar longas distâncias ou pular grandes alturas. A maior parte não consegue nadar. Quase todos chiam e roncam, e certos babam.
O acúmulo de imundícies e bactérias é bastante regular no meio das suas dobras em seu pelo. A higiene dessas dobras tem que ser diária.
Sugere-se que o Buldogue Inglês faça algum tipo de atividade física para os músculos com o intuito de aumentar sua capacidade de respiração, por outro lado, ele não tolera exercícios em demasia.
Em dias bastante úmidos e calorosos, precisa-se prevenir que seu Bulldog fique exposto a eles por muito tempo. Nestes casos, não é necessário que seu animal exerça qualquer tipo de esforço físico.

Filhotes do cão Bulldog Inglês

No geral, os filhotes são muito elétricos, cabeçudos, com a pelagem com bastantes rugas e sua dentição inferior é mais saliente que a superior. Até os 50 dias o nariz é capaz de ser avermelhado, mas com sinais de escurecimento.
No momento em que chega ao seu novo lar, o filhote deve permanecer em período de quarentena (período mínimo de 30 a 40 dias da data em que saiu do canil), ou seja, não deve ser misturado com outros animais, sejam eles da mesma espécie ou não, no sentido de evitar contaminações que propiciem riscos à saúde do animalzinho de estimação.
Precisamente como todos os cães verdadeiramente de raça, o Bulldog apresenta uma predisposição para algumas doenças, a grande parte de origem genética. Conheça, primeiramente, o criador de onde você está adquirindo essa raça, com a finalidade de evitar empecilhos posteriores. Tenha certeza disto: um criador sério não deixará que os seus animais se deixem contaminar por qualquer tipo de bactérias. Os melhores criadores são aqueles que estão a todo momento disponíveis a fim de apoiar no que for possível, assim como para mostrar a sua criação.

Bulldog Inglês – Informações Gerais
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta