Golden Retriever – Seja especialista sobre

Golden Retrievers pegam as coisas com a boca de uma forma bem polida;
Liberty, um presente do presidente Gerald Ford a sua filha Susan, fazia companhia ao presidente na Casa Branca e nadava na piscina do Camp David;
Possuindo inúmeras gradações de dourado, esta raça possui duas camadas de pelos, deixando o Golden Retriever bem coberto e seguro, até mesmo, de condições frias e climas úmidos;
Em uma cria, podem vir entre seis e oito filhotinhos;
Até o presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, possuía um Golden Retriever;
Os Golden Retrievers são frequentemente instruídos para inúmeros trabalhos, como cães-guia, cachorros de terapia, bem como busca e resgate;
Existem 3 tipos de Golden Retrievers que variam em cor e tamanho, são eles: americano, inglês e canadense.

Origem e História do Golden Retriever

Por volta do século XIX, na Escócia, deu-se a procedência do Golden Retriever. Nessa época, a caça de aves selvagens era um esporte bastante conhecido entre os aristocratas da Escócia, contudo os cachorros que acompanhavam os caçadores não eram considerados aptos para recuperar a caça abatida em água e em terra. Era imprescindível que os cachorros mostrassem eficácia em apanhar o maior número possível de aves que conseguissem, porém, como esse esporte era feito em um local pantanoso, esses cachorros não eram qualificados para tal tarefa.
Com este intento, os melhores Spaniels e cães de água foram mesclados com os Retrievers existentes na região. Mais à frente, o resultado desses cruzamentos resultou na criação da espécie Golden Retriever como conhecemos atualmente. A primeira cruza se deu entre uma cadela da extinta espécie “Tweed Water Spaniel” e um macho Retriever, muito usual naquela localidade. Os filhotinhos que foram originados desta cruza foram a raiz de futuras raças que viriam no porvir, como: Cão D’Água de São João (que foi a antecessora do Labrador Retriever), o Setter Irlândes e alguns diferentes Retrievers.
A raça Golden Retriever foi afinal registrada pelo Kennel Clube Inglês no ano de 1911, com o nome de Retriever (Golden and Yellow). Quatorze anos posteriormente, a raça foi registrada ainda nos EUA.

Atributos Físicos do Golden Retriever

goldenretriever Além de sua beleza, eles são carinhosos e bem simples de cuidar. Essa espécie possui orelhas diferentes de outros cachorros, elas são caídas e únicas, são um diferencial. Seus olhos são pretos e penetrantes, todavia são fofos e caridosos.
O crânio do Golden é largo, o focinho forte, e as mandíbulas resistentes. Os olhos são pretos e muito afastados. Sua orelha é tombada, com uma forma triangular e comprimento médio. Tem vários músculos em suas patas. O dorso é reto, os quadris são curtos, fortes e vigorosos. Os joelhos são bastante angulares e as patas, arredondadas. A cauda implantada e mantida no nível do dorso, chega ao jarrete. Seu rabo não se apresenta encaracolado nas extremidades.
Sua pelagem é de comprimento médio e a cor varia entre o dourado e o creme, sendo que uma sucessão de variações do ouro podem ser achadas nesse caminho, assim como nos cães da raça. Por soltar muitos pelos, é necessário que os proprietários de um Golden escovem e cortem os pelos do animal com certa frequência, conservando a pelagem livre do ajuntamento de sujeiras que possam ocasionar diversos problemas de pele.

Comportamento do Golden Retriever

Amigo de todos, o Golden Retriever é célebre por sua natureza devotada e protetora como companheiro da família. Ele vai fazer suas buscas esportivas também em apartamento e anseia por um dia no campo. Ignorar sua natureza ativa e sua poderosa estrutura física pode levar a problemas de comportamento.
Trata-se de uma raça de cachorro aprazível, simpática e audaz. É amorável, afetuoso e faz novas amizades com extrema espontaneidade. Costuma aceitar carinho de qualquer pessoa, tanto dos mais próximos à família, quanto de pessoas estranhas, o que não faz do Golden um bom cão sentinela. É um cachorro muito ativo, repleto de energia e travesso. Prefere a companhia dos proprietários e são pacientes com as crianças. Eles se dão bem com crianças, independente do tamanho e também com outros animais, não fazendo distinção entre macho ou fêmea, nem entre raças.
Todo dia o Golden precisa realizar alguma atividade física e mental. Possui a tendência de ser altamente agitado e seu entusiasmo pelas coisas o distrai facilmente no decurso do treino. Mas, ele é louco para agradar e adora aprender. Em uma disputa, os Goldens conseguem se destacar, especialmente em uma competição de inteligência.

Vantagens de se possuir um Golden Retriever

goldenretriever Extremamente esperta, a espécie é capaz de aprender ordens e instruções com enorme facilidade e é justamente por causa disso que é uma das mais utilizadas em trabalhos da polícia e no suporte a portadores das mais diversas deficiências, sejam elas físicas ou mentais.
Esse cão não possui qualquer tipo de violência ou agressividade, sendo, também, sociável com crianças e até outros animais de estimação. O que esta raça mais precisa é de muito espaço e muito carinho.
São tão inteligentes que percebem quando o dono não deseja que faça farra e barulho no apartamento, por exemplo. Recebem bem os convidados, pois possuem um comportamento afável e muita tranquilidade. E se dão muito bem com outros animais de estimação.

Problemas usuais ao Golden Retriever

O Golden pode apresentar alguns problemas de saúde, então é essencial que ele seja examinado frequentemente no intuito de que se consiga evitar complicações futuras. Mas, no geral, ele é resistente, tem muita vitalidade, ama se divertir e caçar objetos. Têm bastante resistência a condições climáticas, seja quente demais ou muito fria, ou melhor, não é necessário tantos cuidados especifícos para eles em condições climáticas extremas.
Esta raça de cachorros pode sofrer de displasia, ou seja, paralisia das patas traseiras, levando o cão a utilizar cadeira de rodas como locomoção, o que seria ainda pior já que os Goldens gostam tanto de correr e brincar. Além disso, eles podem vir a ter catarata, que leva à cegueira parcial ou total, precisando de cirurgias. Outro problema um tanto quanto comum é com as artérias coronárias, a CHD (Coronary Heart Disease), que leva à morte.

Como tomar conta de um Golden Retriever

goldenretriever Ainda que o Golden Retriever seja perfeitamente adaptado à vida em família, adora correr e é essencial levá-lo para passear todos os dias. Por ser muito ativo, o cão da espécie precisa ter lugares onde possa gastar sua energia. Caso contrário, pode se tornar um tanto infeliz e até ser considerado hiperativo, já que irá tentar extravasar este acúmulo de energia de toda forma, estragando os móveis da residência, entre outros objetos.
Este cão se encaixa em todo ambiente, mesmo em apartamentos, desde que espaçosos, então o adequado é ele ter um local para poder se locomover com mais tranquilidade e que ele possa ser bem ativo.
Penteie até quatro vezes por semana e dê banhos de quinze em quinze dias no seu Golden. E banhe o seu filhote somente depois dele completar dois meses de vida.

Filhotinhos de Golden Retriever

Os filhotinhos da raça Golden Retriever são alegres, endiabrados e muito dinâmicos. Ficam sempre por perto, e adoram correr e distrair-se com os seus donos. Seu pelo não é sedoso quando ele é filhote, ele se assemelha mais a uma ovelha, além de possuir muita energia. Desde novo ele já possui muita naturalidade em aprender novos comandos, sendo brincalhão desde sempre e inclusive tem um instinto “caçador”.
Ensine o seu Golden desde cedo, a fim de que ele não tenha complicações em seu desenvolvimento, seja físico como psíquico. O adestramento ainda é fundamental a fim de que eles não se tornem rebeldes e ansiosos. O treinamento os ajudará a despender muita energia, fazendo com que eles cresçam mais maduros e serenos.

Golden Retriever – Seja especialista sobre
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta