São Bernardo – Conheça mais sobre

Você já assistiu aquele filme famoso chamado “Beethoven”, apresentado no fim do século XX??! Ele acompanha a história de um cachorro, que origina o nome deste filme, que é da raça “São Bernardo”. Graças ao filme, a fama da raça aumentou consideravelmente e ganhou a simpatia de muitos em todo o mundo!
De todos os cachorros da espécie São Bernardo treinados pelos monges, o que mais se destacou em salvamentos foi o aventureiro Barry. Barry, que ajudou 40 pessoas no decorrer de sua vida, teve seu corpo enchido por palhas, em um processo denominado “Taxidermia”, e ainda foi exposto no Museu de História Natural de Berna, na Suiça.
Sempre quando pensamos no São Bernardo, nos vem à cabeça a imagem deles utilizando uma caixa minúsculo presa no seu pescoço, que é um kit salva-vidas. O fato é que eles nunca empregaram aquela pequena caixaNormalmente, o salvamento era feito em grupo de no máximo quatro cães, onde cada um tinha uma tarefa específica – dois cães estiravam-se do lado da vítima para esquentá-la, outro lambia a face da vítima para reanimá-la e outro procurava amparo Um excelente trabalho de equipe!

Origem e História do São Bernardo

Detentor de alguns atributos de outras raças, como o Mastiff, o Dogue Alemão e o Bloodhound, o cachorro São Bernardo está diretamente relacionado aos Molossos romanos. Esta raça teve origem nos Alpes Suiços. Seu nome provém de ‘Hospice du Grand St. Bernard’, mosteiro localizado nos Alpes onde era passagem obrigatória aos viajantes que atravessariam aquele local.
Inicialmente, foi usado para colaborar no direcionamento de diligências e também como cachorro de estimação e de acompanhamento, entretanto sua grande aptidão era em socorrer turistas desaparecidos, estima-se que este cachorro resgatou mais de 2.000 vidas em trezentos anos de trabalho como cão salva-vidas.
Segundo especialistas, foi apenas no século dezoito, que esta espécie foi usada em primeiros socorros, em contrapartida existem registros que a sua adoção ocorreu no ano de 1660! Ele não só enxergava as pessoas em perigo, como também trazia o salvamento e ainda ficava ao lado das vítimas dando suporte e aquecendo-as.

Características Físicas do São Bernardo

caracteristicas-sao-bernardo O São Bernardo é um cão excessivamente vigoroso, de estrutura dos músculos muito corpulenta e resistente. Essa característica é primordial a fim de que ele aguente temperaturas baixas em ambientes desfavoráveis. Existem São Bernardos que podem pesar 90 Kg, especialmente os machos com uma pelagem extensa e ampla, sendo que pode haver os cachorros de pelagem longa e curta. A altura mínima dessa espécie é de 70 cm na cernelha para machos e 65 cm para cadelas, conseguindo chegar a até noventa centímetros em sua altura completa.
As orelhas dos São Bernardos são muito marcantes, sendo em um molde triângular, muito maiores se comparadas às outras raças!
Sua pelagem é densa e lisa, sendo sua coloração mais comum o branco, incluindo uma capa ferrugem na área da coluna e marcas pretas em seu focinho – normalmente no olho e orelhas. Você pode ser capaz de localizar São Bernardos nas variações de vermelho e branco e inclusive castanho. Outra pecularidade um tanto quanto comum é o denominado “colar”, uma cor altamente clara ou escura ao redor do pescoço.

Temperamento do São Bernardo

guia-sao-bernardo O São Bernardo é um cachorro fiel, amável, afável e muitíssimo manso com as pessoas! Tais características são derivadas de sua formação nativa como cachorro de resgate. Ele é bastante dócil até mesmo com pessoas novas! Ele é muito companheiro da família, chegando a ser muito ciumento ainda por cima.
Não que sua marca predominante seja as recreações, entretanto, em algumas ocorrências, ele se torna bem alegre e é capaz de fazer bastante baderna ao lado de quem adora. Ele faz novos amigos com bastante facilidade, entretanto, na falta do proprietário, o São Bernardo tende a estar mais retraído e a proteger seu habitat, reprimindo qualquer contato de estranhos no seu ambiente.
Ocupa, atualmente, a centésima décima terceira colocação em uma lista com relação aos melhores cães para se adestrar. Mas não estranhe: mesmo com a sua colocação, ele é muito mais fácil de educar. É dito que o São Bernardo desenvolve um comando determinado após ser repetido de 40 a 80 vezes, tendo a chance de interpretar o comando em uma só tentativa em 33%.

Vantagens em se ter um São Bernardo

Este é um extraordinário cachorro protetor fora da presença do proprietário, no momento em que sente-se sozinho, ele tem a inclinação de estar sempre atento. Seja em sua residência ou na rua, devido a seu instinto de ser um cão de resgate, ele fica todo dia alerta se algum imprevisto aconteça.
O São Bernardo é um cachorro que adora um cafuné, então, caso você seja sozinho, ele será uma ótima companhia, embora, mesmo que sua casa seja cheia de pessoas, ele será ainda um excelente cachorro doméstico que vai divertir todas as pessoas na residência, especialmente a meninada! Além do mais, ele é excessivamente dedicado a família e irá estar a todo o tempo com disposição para agraciar todo mundo.
Mesmo que ele se encaixe com muita facilidade a pequenos recintos, o indicado é que ele tenha uma quantidade considerável de espaço para aproveitar, sendo imprescindível que você leve-o para passear até quatro vezes por semana.

Pontos fracos do São Bernardo

Fique esperto a alguns indícios que o seu São Bernardo pode apresentar! Um deles é a displasia coxofemural, um enorme problema que se destaca pela má formação do encaixe da cabeça do fêmur com sua bacia. Com a finalidade de evitar todo tipo de constrangimento, leve o seu cão ao veterinário continuamente, também, quando filhote com o intuito de fazer exames preventivos.
Um câncer ósseo pode vir a ser mais um problema que seu São Bernardo pode demonstrar, mais tranquilamente, logo após os 5 anos. A moléstia provavelmente está mais adiantada, caso seu cão se encontre com bastante dor e prostrado.
Em lugares quentes, o São Bernardo é capaz de desenvolver a Piodermatite, uma doença originada pela quantidade excessiva de umidade. A chuva é muito ruim para o cão, eles são profundamente sensíveis a muita umidade, ou seja, inclusive a limpeza necessita de ser equilibrada: o banho deve ser exclusivo a uma vez a cada mês.
Torção gástrica também é um enorme problema que atinge esse cão, para evitar é essencial que você verifique um médico-veterinário para saber a porção ideal de ração com o intuito de dar a esse cão.
Leve em consideração que seu cão pode dar crises de epilepsia, essa que não possui recuperação e ocasiona inúmeras convulsões, que só serão equilibradas com remédios. Sugere-se que este cão não seja posto para procriação, se tiver este problema.

Como cuidar de um São Bernardo

Uma atividade física deve ser diária no trato desse cachorro, porque eles tendem a ser obesos. Talvez seja uma atividade difícil uma vez que, por causa do seu físico extraordinário, ele anda vagarosamente e cansa facilmente, fazendo com que a atividade física demore mais do que o padrão.
Caso você opte por comprar um espécime deste, compreenda que você tem necessidade de muito espaço.
Com relação a alimentação, fique esperto: esse cachorro tem um elevado custo para a manutenção das suas alimentações. Verifique com um veterinário qual a melhor ração e a porção adequada para conceder para o seu São Bernardo, para evitar qualquer problema ligado à obesidade.
O São Bernardo costuma babar bastante e determinados cuidados devem ser ponderados para preservar a limpeza de sua residência.
Ao pentear seu São Bernardo, atente-se em sua boca e seus olhos, porque a pelagem dele pode aglutinar muitos nós e impurezas ao longo do pelo; e este cuidado necessita de ser todos os dias.

Filhotes de São Bernardo

filhote-sao-bernardo As crias do São Bernardo tem necessidade de um acompanhamento veterinário rigoroso por causa do seu desenvolvimento rápido. A cria de São Bernardo tem que consumir alimentos com bastante proteínas e fontes de cálcio, pois sua constituição óssea e seus músculos têm necessidade de um cuidado maior. Se não alimentados da forma correta, esta espécie pode desenvolver uma redução de cálcio e a displasia pode aparecer em seu cachorro. Contudo não alimente-os por sua própria escolha! O veterinário é o especialista mais recomendado para guiá-lo nessa dúvida. Apenas ele irá entender o que seu animal carece, apontando a marca mais adequada e a porção certa.
Outra questão bem primordial é ensinar os comportamentos certos ao São Bernardo desde filhote, determinando limites e censurando o hábito incorreto do seu cachorrinho, a fim de que ele se torne, assim, um animal doméstico menos complicado futuramente.
Quando for comprar um pequeno filhote, são apresentados certos requisitos primordiais que você deve estar atento: Procure os mais resistentes, os avantajados, que tenham uma cabeça avantajada, uma coloração preta em seu focinho e que possuam uma incrível função motora ainda.

São Bernardo – Conheça mais sobre
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta